A decisão de amar





Nem sempre os nossos dias serão de risos, nem sempre vamos acordar dando bom dia a todo mundo que vemos, nem todo dia vamos ser pessoas que as pessoas querem ter por perto, mas é um dever nosso, ter atitudes boas.

Nossos dias ruins não devem ser pretexto pra agir como queremos. precisamos dizer porque nem sempre estamos bem e as pessoas não são obrigadas a nos decifrar. Somos responsáveis por nossas palavras, atos e ações, temos que nos responsabilizar pelo que fazemos. As pessoas podem até ser complicadas, mas cá entre nós, nós também somos.

 A vida se constitui nisso: amar.

 Amar até mesmo quando não sabemos como vai ser o dia das pessoas que amamos, é uma decisão, amar é uma decisão. 
O maior exemplo de Amor foi feito numa Cruz, para nos mostrar que o Verdadeiro Amor é expresso em atos, assim como Jesus fez. Nos amou quando nem sabíamos o que era amor, nos amou mesmo sabendo que teríamos dias difíceis, mas garantindo que Sua Noiva tivesse o Amor e o Perdão. Assim devemos ser com as pessoas.

Nem sempre estamos num dia bom, nem sempre as pessoas que amamos estarão num dia bom e nem sempre as pessoas estarão num dia bom, só devemos fazer o mesmo que Jesus fez e faz por nós todos os dias: Amar. 

O amor se baseia em decisões, decida amar. 


Foto de Anna Shvets no Pexels


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Adbox

@templatesyard